O que é Buyer Persona e como ela pode impactar o seu negócio

A Buyer Persona, ou só Persona, como é mais popularmente conhecida, é um conceito muito útil em muitas etapas das estratégias de Marketing.

Desde a criação de conteúdo até a definição de segmentações de público para campanhas de tráfego-pago, ter uma Persona bem definida pode ser um dos fatores que definem o sucesso de uma campanha.

Mas afinal, o que é uma Persona?

De forma simples, Personas são personagens criados a partir da personificação de características médias de um determinado público-alvo.

Ainda está complicado? Vamos a um exemplo prático.

Imagine uma empresa de contabilidade com o seguinte público-alvo prioritário: Homens, de 35 a 50 anos, pertencentes à classe média e que habitam em regiões metropolitanas do país. Certamente você já se deparou com uma descrição dessas, não é mesmo?

O problema dessa definição genérica de público-alvo é que ela não responde algumas perguntas importantes para o Marketing Digital:

• Quais desafios esse público-alvo enfrenta?

• Quais são os sentimentos que esse público tem ao se deparar com os seus desafios?

• Quais elementos, características e temas podem ser muito impactantes para esse público, aumentando a chance de sucesso da minha estratégia?

Essas e outras perguntas só podem ser respondidas através de um estudo mais aprofundado, extrapolando as características genéricas que as definições de público-alvo normalmente têm.

É para isso que serve a Persona. Desenhar uma Persona pode ser uma das ferramentas mais úteis na hora de definir características chave da sua estratégia.

O conceito de Persona surgiu em 1983, nos Estados Unidos, e desde então, esse conceito sofreu diversas adaptações e reaplicações.

Aqui na Groweb nós desenhamos Persona a partir de um Mapa de Empatia, uma espécie de Canvas gerado a partir de observações geradas em conversas com os nossos clientes, e com os clientes deles.

Para desenvolver uma Persona imagine uma pessoa: um personagem que consome o seu produto ou serviço e reflita sobre os seguintes aspectos:

  1. O que ele diz e faz?

Aqui você reflete sobre as coisas que essa pessoa diz e faz no seu dia a dia, especialmente relacionado ao seu produto e serviço? Durante as suas conversas, quais são as suas falas mais marcantes e comuns? Quais são as ações que ele ou ela executa quando está enfrentando esses problemas?

Perceba que esse tópico é um tópico de observação pura. É importante registrar as falas e ações do seu público durante o cotidiano, as coisas que ele expressa nas situações normais em que ele é exposto aos seus problemas e desafios.

  • O que ele Pensa e Sente

Nesse tópico você precisa refletir sobre as coisas que passam na cabeça do seu consumidor, sobre as coisas que ele pensa e os sentimentos que ele expressa de forma intencional ou não.

Esse tópico exige muito mais inferência do que no anterior, porque não se trata apenas de registrar algo que podemos observar, mas também de analisar conteúdos mais subjetivos no comportamento desse público.

  • O que esse público ouve?

Aqui é importante refletir sobre alguns aspectos que podem ser um pouco mais externos à sua relação com o cliente: O que o seu público ouve a respeito dos seus desafios e problemas que ele enfrenta no cotidiano?

Ele pode ouvir coisas dos seus amigos, dos seus familiares, colegas de trabalho, da mídia ou até mesmo de concorrentes dele.

  • O que ele vê?

Aqui você pode se perguntar: O que o meu público vê na mídia, na internet ou nas situações do seu cotidiano que podem impactar a sua observação sobre determinados problemas que ele enfrenta?

O seu público pode ver coisas enquanto ele anda na rua, enquanto assiste TV ou durante um passeio com a família. Tudo o que pode impactar a sua percepção pode ser registrado aqui.

  • Quais (e quem) são suas inspirações?

Reflita sobre quais são as conquistas ou quem são as pessoas que inspiram o seu público. O que essas conquistas significam para o seu público e por que essas pessoas são inspiradores para ele.

Esse tópico é extremamente importante pois nossas aspirações, desejos e inspirações são algumas das mais poderosas ferramentas de engajamento que existem. Saber utilizar aquilo que encanta seu cliente pode ser um grande diferencial em relação a seu concorrente.

  • Quais são os seus interesses?

Pense aqui no que o seu público se interessa, o que chama a atenção dele? Pense em assuntos que podem ter relevância com o seu negócio, mas também considere alguns tópicos principais que não necessariamente são tão conectados a você.

Ele gosta de futebol, música, arte, estudos, tecnologia? Algum desses interesses é mais forte do que os demais? O que esses interesses podem simbolizar na sua relação com ele?

  • Quais são os seus hobbies?

O que essa pessoa gosta de fazer no seu tempo livre? Como ela gasta seu tempo e energia em atividades que são interessantes para ela? Como você pode se relacionar a essas atividades?

  • Dores

Esse é um dos tópicos chave para se entender uma Persona: Quais são as dores que a sua Persona passa, quais são os seus principais problemas e desafios que esse personagem enfrenta no seu dia a dia e que impactam a sua percepção de mundo?

  • Ganhos

Agora você pode refletir em quais são os ganhos que a sua Persona pode ter ao alterar o seu comportamento em relação ao que é hoje, especialmente considerando o seu produto ou serviço.

A sua empresa deve ser uma facilitadora, uma ligação entre a Persona e os ganhos em potencial que ela pode ter.

  1. Dê um nome, idade e profissão para esse personagem

Por fim, dê um nome e defina uma idade e profissão para esse personagem, isso ajuda a estabelecer uma conexão maior com ele e a torná-lo mais real para todo mundo que vai utilizar essa ferramenta.

A partir dessas definições, você agora tem possibilidade de criar conteúdos mais empáticos e estratégicos para o seu público.

Se você precisa de ajuda sobre como definir o melhor tipo de conteúdo para as suas redes sociais, aqui na Groweb nós temos a solução!

Nossa equipe de planejamento estratégico pode te ajudar a entender de forma profunda as suas necessidades de mercado e a definir o melhor tipo de conteúdo para fazer a sua marca crescer no meio digital!

Aprenda tudo sobre funil de vendas

Entender melhor o que significa o funil de vendas é essencial para compreender como se dá a jornada do cliente e, assim, planejar as ações que poderão ser colocadas em prática em cada um deles, a fim de converter o interesse do consumidor em vendas reais e lucrativas.

Veja mais »

07 Dicas preciosas para encantar os seus clientes

Não importa o porte de sua empresa ou em qual etapa de desenvolvimento ela está, atrair novos clientes com certeza é um dos seus principais objetivos. Além dele, é necessário desenvolver estratégias para fidelizar aqueles que já compram seus produtos ou serviços.

Veja mais »